(62) 99402-8419

Correio Popular

Notícias, vídeos e podcasts

Novos investimentos para o setor de energia solar chegam em Goiás

d56394a6-8478-4b6d-97b6-97f30f6008d6
d56394a6-8478-4b6d-97b6-97f30f6008d6

O governador Ronaldo Caiado participou da cerimônia que marca a chegada de novos investimentos para o setor de energia solar em Goiás, na tarde desta segunda-feira (17/07).

O anúncio foi feito pelo Grupo EDP, empresa do setor elétrico de origem portuguesa, que prevê aportes da ordem de R$ 530 milhões no estado, sendo R$ 325 milhões para construção de usinas e o restante em investimentos na transmissão.

Para Caiado, os investimentos são necessários, de modo a assegurar energia de qualidade às empresas já existentes ou que desejam se instalar em Goiás.

“Isso é fundamental para que a gente tenha uma qualidade de energia e que seja de acordo com a demanda, o que é a nossa grande carência”, destacou.

O chefe do Executivo goiano ressaltou ainda que por Goiás estar em constante desenvolvimento, é fundamental também manter uma qualidade na distribuição. “Para que as nossas indústrias possam avançar”, explicou.

ENERGIA SOLAR

Com investimentos de R$ 325 milhões da EDP, estão previstas a construção de 11 usinas de geração de energia até o fim de 2024, com a criação de cerca de 550 empregos diretos e indiretos.

Além de fortalecer a economia goiana, a iniciativa contribui com a matriz energética limpa, evitando a queima de combustíveis fósseis.

De acordo com o CEO da EDP Brasil, João Marques da Cruz, o investimento se dá pela confiança depositada no estado.

“Nós estamos investindo em Goiás porque é um estado onde o PIB cresce num ritmo mais que o dobro do Brasil, é um estado onde as instituições são amigas dos investidores”, afirmou.

Também presente na solenidade, o vice-governador Daniel Vilela falou do empenho do governador Ronaldo Caiado em buscar investimentos para melhorar a distribuição de energia em Goiás.

“Temos recebido aqui, constantemente, grandes investidores de grandes grupos. Precisaremos estar, ao longo dos próximos anos, abastecidos na produção de energia”, relatou.

O evento contou também com a presença do embaixador de Portugal no Brasil, Luís Faro Ramos.

USINAS

Durante o evento, a usina de Iaciara foi inaugurada simbolicamente, uma vez que já está em operação. Ela deve abastecer as instalações e agências do Banco do Brasil no estado.

“Temos um modelo de negócio que é a democratização da energia solar”, frisou João Marques da Cruz, CEO da EDP.

“Isso gera riqueza para o município, energia sustentável”, complementou Caiado.

O segundo investimento anunciado pela EDP, prevê a destinação de mais de R$ 200 milhões para transmissão entre 2023 e 2024. O recurso será direcionado para a ampliação, modernização e aumento de capacidade de sete subestações.

As subestações Itapaci, Planalto e Águas Lindas, que foram entregues no primeiro semestre de 2023 e as subestações Anhanguera, Xavantes, Goiânia Leste e Pirineus que serão entregues até 2024.

Editado por Márcia Fabiana via Secretaria de Estado de Comunicação- Secom

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp