(62) 99402-8419

Correio Popular

Notícias, vídeos e podcasts

“Recursos do PAC para Goiás evidenciam a boa parceria entre governo estadual e União”, afirma Daniel Vilela

Daniel Vilela acompanha anúncio de investimentos do PAC em Goiás
Daniel Vilela acompanha anúncio de investimentos do PAC em Goiás

O vice-governador esteve no anúncio dos investimentos que serão feitos no estado pelo governo federal. Ao todo, R$ 62,4 bilhões. Lançamento do novo Programa de Aceleração do Crescimento contou com as presenças dos ministros Rui Costa (Casa Civil) e Márcio França (Micro e Pequenas Empresas

O vice-governador Daniel Vilela destacou, durante o lançamento do novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a consolidação da parceria e do que chamou de senso de cooperação entre Governo de Goiás e a União. Algo que, segundo ele, tem garantido a chegada de recursos federais para o estado e a viabilização de importantes obras para os goianos.

O evento que oficializou a cifra de R$ 62,4 bilhões em investimentos para Goiás foi realizado na tarde desta quinta-feira, 21/9, no auditório Carlos Vieira da Assembleia Legislativa. “Passadas as eleições, estamos todos unidos, trabalhando em projetos e programas que tragam resultados positivos para a vida das pessoas. Isso é o que verdadeiramente importa”, disse Daniel em entrevista coletiva.

“Isto é algo constantemente repetido pelo governador Ronaldo Caiado e corroborado pelo presidente Lula. Não há partido, ideologia, nada disso em jogo. O que há é a vontade e a disposição de agir em prol da população. Os investimentos do governo federal via PAC evidenciam isso”, acrescentou o vice-governador.

Daniel Vilela ainda afirmou estar muito otimista com o repasse de recursos prioritários, pois, apesar do anúncio de que Goiás receberá R$ 98,5 bilhões em obras, o montante deve aumentar, uma vez que o ministro Rui Costa (Casa Civil), responsável pelo lançamento do novo PAC no estado, garantiu que na semana que vem o governo federal deve divulgar parcerias exclusivas com os municípios brasileiros, que também executarão obras com recursos da União.

Por fim, Daniel afirmou que se empenhará “ao máximo” para que “as obras previstas no novo PAC saiam do papel o mais rápido possível”. Para isso, quer somar esforços com a bancada de Goiás no Congresso Nacional (17 deputados federais e três senadores) e promover articulações com ministros – não raro, ele é escalado pelo governador para reuniões na Esplanada dos Ministérios, dado o seu bom trânsito em Brasília, desde a época em que foi deputado federal (2015-2018).

Além de dezenas de obras rodoviárias, de saneamento básico e da construção de aeroportos e ferrovias, o PAC deste terceiro mandato do presidente Lula prevê, para Goiás, a injeção de recursos no BRT de Luziânia, no Hospital do Câncer (Cora) do governo estadual e em moradias populares dentro do Minha Casa, Minha Vida.

Fotos: André Costa

Vice-governadoria | Governo de Goiás

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp