(62) 99402-8419

Correio Popular

Notícias, vídeos e podcasts

Produção de laranja em Goiás deve bater recorde

capa laranja
capa laranja

Estimativa do governo federal é de crescimento de 28,6% no valor bruto da produção da fruta em 2023; outras culturas, como banana e uva, também devem registrar aumento

Goiás deve apresentar crescimento no Valor Bruto de Produção (VBP) de frutas neste ano. É o que indicam dados do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) divulgados nesta semana. De acordo com os números, a projeção do VBP da laranja é de R$ 203,6 milhões – crescimento de 28,6% em relação à safra anterior. Caso alcance o valor estimado, o estado terá um recorde para a cultura. O segundo maior crescimento deve ser o da banana, com projeção de R$ 401,4 milhões – aumento de 15,1% em relação ao ano passado.

“A banana e a laranja são cultivos com cadeias estruturadas e tecnificadas e esses resultados do VBP mostram o potencial lucrativo do cultivo de frutas”, comenta o secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Pedro Leonardo Rezende. “Esses dados também nos mostram que o cultivo de frutas tem um grande mercado a ser explorado e que os investimentos para a estruturação de um polo de fruticultura no nordeste goiano, por exemplo, vão ao encontro do desenvolvimento esperado para as famílias da região, sobretudo da agricultura familiar.”

Outras frutas também devem ter crescimento no VBP deste ano, como a uva, cuja projeção é estimada em R$ 8,3 milhões (4,1% a mais que em 2022). No total, a fruticultura goiana deve somar R$ 66,5 bilhões, neste ano. Calculado pelo governo federal, o índice mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária ao longo do ano e corresponde ao faturamento bruto dentro do estabelecimento. É projetado com base na produção da safra, e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do país.

Outras produções
Os dados divulgados pelo Mapa também trazem as projeções para outros produtos das lavouras do estado. As principais commodities, soja e milho, devem alcançar VBP de R$ 32,9 bilhões e R$ 11,7 bilhões, respectivamente. A cana-de-açúcar, também considerada item de grande importância para a produção goiana, tem VBP estimado em R$ 11,7 bilhões. Já em relação à pecuária, a projeção é de VBP de R$ 27,6 bilhões.

Foto: Wenderson Araújo/CNA

Legenda: Produção de laranjas cresce em Goiás e deve bater recorde em 2023

Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Governo de Goiás

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp