(62) 99402-8419

Correio Popular

Notícias, vídeos e podcasts

“Cuidado com população vulnerável é prioridade”, ressalta Gracinha Caiado em entregas no Entorno do DF

Gracinha Caiado entrega benefícios do Goiás Social no Entorno do DF: “A gente precisa cuidar das pessoas”, ressaltou
Gracinha Caiado entrega benefícios do Goiás Social no Entorno do DF: “A gente precisa cuidar das pessoas”, ressaltou

Goiás Social entregou 2 mil cartões em Cristalina e Novo Gama nesta quarta-feira (27/09). Benefícios destinam R$ 250 para mães e R$ 300 para pessoas entre 60 e 64 anos em extrema pobreza. Governo de Goiás autorizou ainda a construção de 42 casas populares a custo zero

A coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS) e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Gracinha Caiado, entregou nesta quarta-feira (27/09), 1.854 cartões do Programa Mães de Goiás e 110 do programa Dignidade, que contemplaram famílias de Cristalina e Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. Também foi autorizada a construção de 42 unidades habitacionais do programa casas a custo zero, cujo investimento alcança R$ 5,3 milhões do Governo de Goiás.

“Uma coisa eu sei: a gente precisa cuidar das pessoas. E vocês podem contar sempre com o governador Ronaldo Caiado. A grande preocupação dele, como médico, é o alimento e o cuidado com essas crianças de zero a seis anos, é dar mais dignidade a quem mais precisa”, afirmou a primeira-dama durante a entrega dos cartões que atendem carências apontadas pelo Goiás Social, programa que articula políticas públicas em parceria com os municípios.

Em Cristalina, foram distribuídos 957 novos cartões do Programa Mães de Goiás. Em seguida, em Novo Gama, foram entregues 897 novos benefícios. Para o secretário de Desenvolvimento Social, Wellington Matos, a parceria com os municípios tem sido um ponto de consolidação das ações sociais. “É um programa muito importante que também depende de uma parceria com as prefeituras para que seja um programa efetivo e que dê certo”, afirmou. Os municípios auxiliam com o trabalho de busca ativa e manutenção do cadastro das famílias atualizado. O Mães de Goiás já atendeu mais de 120 mil famílias goianas desde a sua criação, em 2021.

Nos dois municípios, também foram entregues 110 cartões do programa Dignidade, que beneficia pessoas em situação de pobreza ou extrema pobreza, que tenham entre 60 e 64 anos, com recurso de R$ 300 mensais. Prefeito de Cristalina, Daniel Sabino reforçou que o foco do trabalho conjunto é viabilizar apoio à população. “Esses benefícios são muito importantes para nós. A gente precisa dar os braços ao Governo e às famílias que mais precisam”, frisou. “É benefício para nossa população, mas é dinheiro circulando no comércio, porque o recurso é gasto na cidade”, reforçou o prefeito de Novo Gama, Carlinhos do Mangão.

Um exemplo de como a iniciativa assegura direitos básicos às crianças na primeira infância foi dado pela beneficiária do Mães de Goiás, Poliana Gonçalves, 33 anos. Dona de casa, ela é mãe de 11 filhos e recebe o benefício há dois anos. “Eu não trabalho, sou mãe solteira e faço tratamento oncológico. Então, o programa ajuda bastante”, contou. “Foi a melhor coisa que o Caiado fez no nosso estado de Goiás e que continue sempre assim”, enalteceu.

Habitação
Em Novo Gama, o Governo de Goiás autorizou ainda a ordem de serviço para a construção de 42 casas populares a custo zero no município, por meio do programa Pra Ter Onde Morar, executado pela Agência Goiana de Habitação (Agehab), sob o comando da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). Cada unidade habitacional terá custo médio de R$ 128 mil, com investimentos do Tesouro Estadual que somam R$ 5,3 milhões.

Titular da Seinfra, Pedro Sales enfatizou que o programa não requer parcela de financiamento ao cidadão. “De todos os 26 estados e o Distrito Federal, só o governador Ronaldo Caiado constrói casas a custo zero para a população; qualquer outro pede financiamento e pede para pagar uma parte do imóvel. Aqui em Goiás entregamos a chave e a escritura”, disse. A iniciativa ocorre em parceria com os municípios, que ficam responsáveis pela doação da área onde as residências serão construídas.

Foto: André Saddi

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp