(62) 99402-8419

Correio Popular

Notícias, vídeos e podcasts

Polícia prende 9 integrantes de torcida organizada

Prisao-torcida-organizada
Prisao-torcida-organizada

A Polícia Civil de Goiás deflagrou nesta quinta-feira (05/10), a Operação Eliminados, que resultou na prisão de nove pessoas, integrantes e simpatizantes de torcida organizada em Goiânia. Oito mandados foram cumpridos e uma das prisões foi em flagrante.

Os alvos são investigados por duas tentativas de homicídio qualificado pelo motivo fútil e pela emboscada; roubo majorado pelo concurso de pessoas e emprego de arma de fogo de uso permitido; dano qualificado; associação criminosa e corrupção de menor.

TORCIDA ORGANIZADA

Os integrantes do grupo promoveram ao menos três ataques a veículos de transporte coletivo que transportavam integrantes de torcida rival.

O delegado titular do Grupo Especial de Proteção ao Torcedor (Geprot/Deic) Samuel Moura, destaca que as investigações vão continuar sobre os grupos criminosos.

“O nosso foco está em imputar aos liderantes desses grupos, são várias ações. Eles são os falsos torcedores, são indivíduos que sequer vão ao estádio. Eles têm essas práticas como se fosse um hobbie”, informou.

O delegado acrescentou ainda que o Geprot, criado em abril, já realizou seis operações sobre ambas torcidas.

“As brigas entre eles sempre foram iguais, fazendo emboscadas e uma espécie de guerra. O Grupo Especial de Proteção ao Torcedor não tem bandeira e fica o recado de que as lideranças serão punidas de forma mais severa”, finalizou.

O Gprot, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), centraliza as investigações, monitora ações e interage com demais órgãos como o Ministério Público de Goiás e o Batalhão de Eventos da PM, clubes e federações de futebol do estado.

Editado por Kattia Barreto via Polícia Civil – Secretaria de Segurança Pública – Governo de Goiás

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp